EU, VOCÊ, VIAGENS E UM CACHORRO

By | outubro 22, 2015

Olá pessoal!

Andei sumida, mas foi por um lindo motivo: agora tenho um filho canino!

Ou seja, correria em dobro. Além de trabalhar, cuidar da casa e do marido e do blog, agora ainda tenho que cuidar de um filhote. E ele demorou um tempãooo pra aprender a fazer as necessidades no lugar certo, mas enfim, deu tudo certo, e agora posso passar algum tempo escrevendo em vez de limpar xixi e cocô. (imagina quando vierem os filhos???).

Mas você deve estar se perguntando o que que cachorro tem a ver com viagem. É que já me falaram tanto que quem gosta de viajar não pode ter cachorro, que fiquei adiando o cachorro (e filhos, inclusive) por causa das viagens. Aí decidi fazer o test drive com o cachorro enquanto vou me preparando pros filhos.

Resolvi então colocar meus pensamentos sobre este assunto aqui, e se você se identificar, por favor, se manifeste, vou adorar saber que não estou sozinha neste barco! hahaha.

viajar com cachorro

 

QUAL O PROBLEMA EM TER UM CACHORRO SE GOSTO DE VIAJAR?

Acho que o problema principal é: O que fazer com o cachorro enquanto viajo?

E junto com o problema, podemos pensar em possíveis soluções, quase que automaticamente, sem muita pesquisa ou queimação de neurônios:

  • Deixar com alguém da família
  • Deixar com uma amiga que também ame cachorros
  • Deixar num hotel pra cachorros
  • Levar junto na viagem

Não adianta se desesperar, todas estas opções vem junto com prós e contras, você (tô falando de mim, na verdade) deve ponderar e decidir a menos traumática pra você, pro cachorro e pra quem for ficar de babá.

Já viajei 2 vezes com meu filhote de 3 meses pra casa dos meus pais, que foi uma viagem curta e de carro. Agora que vou fazer uma viagem mais longa e para mais longe, vou deixar o filhote na casa de uma amiga que também tem cachorros e aproveito pra agradecer antecipadamente a ela. Obrigada Fer, vou viajar tranquila sabendo que o Woody estará em ótima companhia! 😀

Vamos aos prós e contras…

 

DEIXAR COM ALGUÉM DA FAMÍLIA

Prós: Você viaja tranquilo, pois confia na família e tem intimidade o suficiente pra saber que não vai incomodá-los, o cachorro vai gostar porque conhece a galera. E é grátis. Podem até não curtir a ideia de ser babá de cachorro, mas família entende e sempre vai querer te ajudar.

Contras: Na verdade, nenhum. Pra mim, o único contra é que não moro na mesma cidade que meus pais e minha irmã, então não rola.

 

DEIXAR COM UMA AMIGA QUE TAMBÉM AME CACHORROS

Prós: Se sua amiga ama cachorros, isso nunca vai ser um incômodo pra ela, e se ela tem cachorros, seu cachorro vai amar passar uns dias lá! E você também viaja tranquilo, sabendo que seu amigo estará em boa companhia!

Contras: Por mais que seja sua amiga, há sempre aquele medo de estar incomodando (eu sou meio paranóica com isso).

 

DEIXAR NUM HOTEL PRA CACHORROS

Prós: É sempre melhor do que deixar seu cão sozinho, caso você não tenha outra opção. Se esse for o caso, peça indicações de pessoas conhecidas e escolha os hotéis com espaços amplos para os cachorros brincarem, pois há hotéis que deixam os cães presos em canis muito pequenos.

Contras: Eu, particularmente, não viajaria tranquila, ainda mais se fosse a primeira vez que ele fica no local e não conhecesse as pessoas. Acho que ele se sentiria abandonado. Além do mais, pense que além das suas diárias de hotel durante a viagem, você deverá contabilizar no orçamento da sua viagem, as diárias do cachorro que vai ficar.

 

LEVAR JUNTO NA VIAGEM

Hoje mesmo li um artigo no blog Nômades Digitais, sobre um casal que criou um trailer pra poder viajar com o cachorro. A ideia deles foi criar um lar sobre rodas, que proporcionasse conforto suficiente para levá-los por aí junto com seu cãozinho de estimação. Uma ótima ideia já que não são todos os hotéis que aceitam cachorros. Já ouviu falar no termo “pet friendly”? Vamos falar sobre isso em outro artigo! Fique ligado!

viagem com cachorro

Foto http://benjaminrasmussenphoto.com/

E ontem, li outro artigo do mesmo site, que conta a história de um homem que viajou da Carolina do Norte até o Alasca, num jipe, com seu cachorro, onde passaram 2 meses de aventuras intensas por lá! Juntos, eles atravessaram lagos gelados, presenciaram a aurora boreal, e até reproduziram cenas do filme Na Natureza Selvagem (todo mundo que ama viajar deve ver este filme, que é baseado em uma história real).

viagens com cachorros

Foto © Dwayne Parton

 

Prós: Seria perfeito, né? Levar seu cachorro junto com você nas suas aventuras? Esta seria a melhor das opções se não fossem os “contras”…

Contras: A não ser que você tenha a pretensão de construir um trailer pra viajar pelo mundo, é meio inviável pagar passagens aéreas pro seu cão em todas as suas viagens. Além disso, alguns estabelecimentos como hotéis e restaurantes não aceitam cachorros, apesar disso estar mudando…

É claro que você não vai levar seu cachorro pra Paris, porque obviamente não vão deixar você dar uma voltinha com ele no Louvre. Mas em viagens mais relax, como na praia ou em resorts que aceitem cachorros, vocês podem se divertir bastante com seu fiel companheiro. Sem falar nas viagens de carro para visitar a família, amigos ou parentes. É sempre muito divertido fazer uma road trip com seu cão e uma trilha sonora legal rolando no rádio do carro. Claro que sempre tomando alguns cuidados que serão abordados em outro artigo, onde vamos falar sobre viajar de carro com seu cachorro.

 

Gostou do assunto? Pensa igual? Pensa diferente? Comente!

facebook comments:

2 thoughts on “EU, VOCÊ, VIAGENS E UM CACHORRO

  1. Luciana

    Oiii! Amei o post e realmente todas as escolhas tem pontos positivos e negativos e cabe ao tutor ou “papis” dos cachorrinhos decidirem qual a escolha será acompanhada de paz interna! Tenho 3 peludinhos e em praticamente todas as viagens eles me acompanham! Criei um blog para dividir todas as dicas e aventuras para quem tem vontade de levar o peludinho, mas não sabe como fazer… Grande beijo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *