ROUPAS PARA NEVE: O QUE LEVAR NA MALA PARA UM DESTINO COM NEVE?

By | Abril 17, 2015

roupas para um destino com neve

Você quer brincar na neve? Roupas para neve vai precisar…

Ah, a neve! A chuva branca que pinta os cenários europeus e norte americanos fascina muitas pessoas quem moram no Brasil. Tanto é que boa parte dos viajantes brasileiros sonham em visitar algum lugar de frio intenso, apenas para conferir de perto o espetáculo que dificilmente ocorre por aqui.

A ocorrência de neve no Brasil está concentrada nas regiões serranas dos estados do Rio Grande do Sul (Bom Jesus, Cambará do Sul, Canela, Gramado, São Francisco de Paula, São José dos Ausentes) e Santa Catarina (São Joaquim, Urubici, Urupema) e mesmo assim apenas em raras oportunidades. Para que o fenômeno ocorra é necessário que a temperatura esteja próxima de zero graus, com muita umidade e pouco vento.

Está com a grana curta? Não é preciso atravessar um oceano ou ir para o outro hemisfério para aproveitar a neve. Nossos vizinhos, principalmente Argentina e Chile, são cortados pela Cordilheira dos Andes e nos oferecem pistas para todos os níveis de esqui e snowboard.

A temporada começa em junho e termina em outubro. É um longo período de neve, mas a viagem precisa ser planejada e organizada com antecedência. Já pensou nas roupas para neve que você vai usar?

 

 

Onde ver neve na América do Sul

Bariloche (Argentina)

O primeiro destino que surge na cabeça do brasileiro que deseja ver neve! E não é para menos, na região há vários locais para brincar na neve, como Piedras Blancas – ideal para esquibunda – e o Cerro Bayo – que tem um visual de babar! Passeios de teleférico também fazem parte do cotidiano do turista que visita o lugar. Entre eles, o Cerro Otto (onde está a Confeitaria Giratória) e o Cerro Campanario (considerado o local com melhor vista na cidade).

 

Cerro Catedral (Argentina)

Estação batizada em homenagem ao desenho das montanhas da região, que lembram um templo. É o centro de esqui mais antigo da Argentina e possui a maior superfície para a prática de esqui da América do Sul. Localizado na Província de Río Negro, é um dos destinos mais procurados para esquiar e parada obrigatória entre os viajantes.

 

Valle Nevado (Chile)

A principal estação de esqui do Chile é também a mais acessível, apenas 60 km de Santiago. Em 2013, inaugurou a primeira gôndola da América Latina, aquelas cabines fechadas que levam os esquiadores até o topo da montanha (muito comuns nas estações da América do Norte).

Dica: Se você está indo para o Valle Nevado esquiar, é possível comprar um passe extra e esquiar também em El Colorado e La Parva, duas pequenas estações.

 

 

Banner eBook

 

 

El Colorado (Chile)

Um lugarzinho especial da cordilheira. Pela sua beleza, é a estação de inverno mais famosa entre os chilenos, e provavelmente a mais antiga. O Colorado que possuí uma moderna e interessante infraestrutura hoteleira e gastronômica, mas é possível se hospedar em lugares mais baratos em Santiago, a cerca de 40Km.

 

Cordilheira Branca (Peru)

O país conhecido pelas ruínas incas também nos oferece maravilhosas vistas para montanhas de gelo e lagos azuis, que formam a chamada Cordilheira Branca. Para visitá-la é preciso ir até a cidade de Huaraz a cerca de 400 km da capital peruana Lima, de ônibus ou avião.

 

Chacaltaya e Huayna Potosi (Bolívia)

Localizado a apenas 30 km de La Paz, a região abriga a estação de esqui mais alta do mundo, a 5.395 metros de altura. A travessia de Chacaltaya até Huayna Potosi dura um dia e a melhor época para ver neve é no verão, quando chove, de janeiro a março. No inverno, o tempo é seco e não se forma tanta neve.

 

Dica econômica: nem todo turista vai para cidades com neve para esquiar. Alguns não gostam, têm medo, acham caro ou vão apenas atrás da neve e do charme da cidade. Então saiba que é possível apenas ir a uma estação de esqui específica para conhecê-la, sem precisar pagar para alugar roupas para neve e praticar o esporte.

 

 

Onde comprar roupas para neve baratas

roupas para crianças brincarem na neve

Hora de pensar no que levar na mala, e agora? Preocupar-se com que roupa levar para um destino novo é muito comum ainda mais quando nesse destino as temperaturas são bem mais baixas do que estamos acostumados. Quais seriam as roupas para neve?

Na área de clima muito frio, as pessoas se vestem, normalmente, no chamado estilo “cebola”, ou seja, em camadas. Por quê? Essa é uma maneira de se adequar tanto às baixas temperaturas de áreas externas quanto às temperaturas mais altas das áreas internas. Com facilidade você vai se desfazendo dos casacos conforme a necessidade.

Casacos de frio térmicos ou de pluma, botas para neve (Nada de tênis!), segunda pele térmica, luvas, meias, gorros e cachecóis são algumas das peças que você pode utilizar para se proteger do frio.

É pouco provável que você, que mora no Brasil, tenha em seu armário as roupas necessárias para frequentar uma região nevada. Não sabe quais são as mais básicas?

Peças superiores:

  • Camiseta de manga curta;
  • Camiseta de manga longa;
  • Camiseta térmica;
  • Segunda pele;
  • Lã;
  • Jaqueta impermeável ou sobretudo;
  • Luvas e gorros.

 

Peças inferiores:

  • Meias;
  • Calça de algodão ou sintética;
  • Calça;
  • Legging térmica (para usar por baixo do jeans);
  • Botas para neve.

 

Ah, nem vai ser preciso comprar tantas coisas, dá para adaptar com o que você tem em casa. O mais importante é não esquecer da segunda pele, tanto nas peças superiores quanto nas inferiores.

Mas claro, não vai ter como evitar comprar um par de botas para neve, luvas térmicas e um casaco (de penas, impermeável e com touca costumam ser os melhores) ou um sobretudo, perfeitos para o clima, que varia entre +2ºC e -15ºC.

Um pouco difícil encontrar esses artigos no Brasi? Algumas lojas de esporte oferecem as vestimentas para você encarar o frio por preços bem acessíveis. É o caso da Decathlon e da Benevento que são as minhas preferidas, principalmente pelos ótimos preços!

roupas neve

Imagem: Site Decathlon

Você ainda tem a opção de comprar roupas de neve no site chinês Aliexpress. Comprar na China, pela internet, virou mania nacional aqui no Brasil! Eu comprei minhas botas e roupas para neve neste site. Mas lembre-se de fazer a compra com pelo menos 3 meses de antecedência, para garantir que suas encomendas cheguem antes da sua viagem! As compras que vem da China, demoram bastante para chegar, pois ficam um bom tempo paradas na alfândega do Brasil até serem liberadas. Ao comprar da China, você ainda deve pesquisar bastante e pesar o custo-benefício, levando em consideração que os produtos podem ser taxados aqui no Brasil, em até 60% do valor, daí não compensa. Lembre-se ainda que, por ser uma compra internacional, seu cartão de crédito cobrará IOF  de 6,38% e o valor final, em reais, dependerá da cotação do dólar no fechamento da sua fatura.

Dica para economizar: resolveu esquiar? Para praticar esportes na neve, é preciso um cuidado especial. Mas não fique achando que vai precisar comprar toda aquelas roupas caras e que raramente vai usar. Na maioria das estações de esqui há diversas lojas para aluguel de roupas impermeáveis e próprias para você se divertir na neve!

Você viu que não é preciso gastar tanto assim com roupas para neve? As roupas para esquiar (que são as mais caras) podem ser alugadas nas estações de esqui, afinal, você raramente vai usar uma, então, pra quê comprar?

Compre apenas peças que podem ser úteis em outras viagens ou até mesmo no inverno do Brasil. Luvas, cachecóis, segunda pele e blusas térmicas são muito úteis, inclusive comprei uma blusa térmica na decathlon por R$29,90 (preço de 17/04/2015)!

 

Pensando em ver a neve nas férias? Saiba que os destinos com neve da América do Sul são super baratos e podem tornar realidade seu sonho de brincar na neve!

Eu já mostrei aqui no blog, como paguei cerca de 760 reais nas minhas passagens de ida e volta para o Chile para este ano de 2015. Você tem que ver o artigo Planejando uma Viagem ao Chile.

Veja também nossa sugestão de roteiro de 7 dias no Chile.

Precisa de Seguro Viagem? Nossos leitores ganham 15% de desconto no seguro viagem da Mondial (Veja como).

Gostou? Compartilhe com seus amigos e deixe um comentário!

 

 

Comments Closed